Arquivo para dezembro, 2007

A finada horta coletiva do Portão

Posted in hortas e canteiros with tags on dezembro 30, 2007 by walfridoneto

No início de 2007 conseguimos permissão para fazer um trabalho de recuperação em um terreno inutilizado no bairro do Portão, em Curitiba. Passamos quase um mês tirando entulho e escavando o lixo que foi enterrado pelos antigos locatários, donos de uma loja de sapatos que achavam que enterrar entre as árvores frutíferas era o melhor a se fazer com os copinhos de plástico, latas de alumínio, grampeadores velhos, canetas e lixo de escritório em geral, sem falar de outras bizarrices que encontramos por lá, como seringas usadas e até uma caixa de som. Após muito esforço limpando a área, conseguimos começar a plantar.

plantandoi_2.jpg

A idéia era transformar aquele espaço em uma horta coletiva, onde todos os que participassem dividissem os frutos. Mas acabou sendo muito mais do que isso. Durante alguns meses o terreno se transformou em um laboratório onde aprendemos a plantar, fazer mudas, podas, estacas, lidar com os elementos como a água que as vezes vem em excesso e depois faz tanta falta, o sol, o vento, os pássaros, abelhas e, principalmente, as pessoas. De todas que passaram por lá e ajudaram tanto, como o Mago Jardineiro, o meu amigo Dino, que agora mora na Europa, minha família, amigos e amigos de amigos que ensinaram e aprenderam juntos.

canal.jpg
Fazendo canal de infiltração para segurar a umidade no solo

Depois de algum tempo de trabalho, já começamos e colher os resultados, não somente todos os alfaces, rabanetes, goiabas, rúculas, ameixas, ervilhas, feijões e incontáveis outros alimentos que a terra nos deu, mas também a campanhia dos pássaros que voltaram a frequentar o lugar e chegavam a tomar banho quando a chuva formava um laguinho na sombra da goiabeira e o próprio espaço que nos acolhia, dando sombra nos dias quentes e silêncio em meio ao barulho da cidade.
colheita_portao.jpg

No final do mês passado (novembro) o terreno voltou a ser alugado, e perdemos o acesso à horta. Foi triste ter que ir buscar as ferramentas, e mais triste de saber que toda a área vai ser concretada para se transformar em um estacionamento, mas esse não é o fim da horta comunitária, outras pessoas se juntaram a nós e não estamos mais tão preocupados em ter a autorização dos proprietários ou das autoridades para trazer a vida de volta aos espaços urbanos. E nós não estamos sós, muitas pessoas estão retomando o espaço, quebrando o concreto e dando espaço para a terra respirar.

Viva a Jardinagem Libertária!

Se você quer postar o seu depoimento aqui, ponha seu endereço de email nos comentários para receber um convite para colaborador do blog.

Bolas de sementes

Posted in dicas with tags , , on dezembro 30, 2007 by walfridoneto

Clique na imagem para ampliar e aprenda a fazer:

bolas-de-sementes.jpg

Hortinha Caseira e Crescimento de Mudas

Posted in hortas e canteiros on dezembro 25, 2007 by Thiago Carva

Rio de Janeiro.

O terraço aqui de casa, antes ocupado apenas pelas flores da minha madrinha, agora está ainda mais verde. Seguindo as orientações do amigo Walfrido, criador deste blog, e também arriscando, estou fazendo uma hortinha. Além disso, é lá que estou deixando crescerem algumas mudas para serem plantadas na rua.

Plantei Inhame, Tomate, Alface, Rabanete, Hortelã e queria poder plantar muito mais.

imagem-001.jpg Inhame

imagem-004.jpgAlface

 Para o projeto de Jardinagem Libertária, tenho 3 pés de árvores frutíferas. Um pé de caqui, um pé de lixia e uma muda nativa da mata atlântica daqui do Rio de Janeiro que conheci visitando o aterro sanitário (por incrível que pareça).

Deixo a foto dessa mudinha aqui e se alguém souber de que árvore se trata, deixe comentário, por favor!

imagem-005.jpg Da Mata Atlãntica

 Meu amigo Gabriel, que está encampando as idéias da Jardinagem Libertária também está com duas mudinhas de árvores nativas.

Que em 2008 nossas lutas se fortaleçam, nossas mudas floresçam e que nossas raízes encontrem bons solos!

Utilização Racional do Espaço

Posted in hortas e canteiros with tags , , , , on dezembro 12, 2007 by goura

Olá pessoal
estou mandando umas fotos pra provar que quando a gente quer a gente faz.. qualquer coisa.
Hoje de manhã, colhi um pé de alface, como venho fazendo com a salsa, o coentro, o almeirão , a rúcula, e em breve com a cenoura. Tudo na minha pequena propriedade rural de 35 centimetros, por 1,70 metros. A partir de meu lixo doméstico, com a ajuda de minhas amigas minhocas e de minha filha, ai está o que dá pra fazer.
Em breve teremos bertalha, pimenta de cheiro e cebolinha francesa , além de Machê (uma alface metida a besta). isso em irrisórios 66 centimetros quadrados (e umas 4 garrafas pet)…. imagina com um pouquinho mais.
Pensa nas impossibilidades da sua vida. nos argumentos “não dá”, nas coisas que parecem de malucos… e na mediocridade que nos vicia, na falta de iniciativa e da subordinação ao pensamento dominante que nos faz depender dos sistemas de forma passiva..
bem.. vou comer minha alface… ou melhor,… nossa.. servido?
Claudio
claudiofoliver@gmail.com

alface.jpg

Relatório do Desafio Intermodal de Curitiba

Posted in bicicletas on dezembro 7, 2007 by goura

carchompingearth.jpg

Neste sábado, 08 de dezembro de 2007, ciclistas, ativistas e cidadãos preocupados com o nível alarmante da quantidade de carros na cidade, membros do movimento BICICLETADA de Curitiba, farão a entrega pública do RELATÓRIO OFICIAL DO 1º DESAFIO INTERMODAL DE CURITIBA. O desafio aconteceu no dia 10 de outubro e consistiu numa ´competição´ entre diferentes modais de transporte e que tinha como objetivo provar que a bicicleta é o modal mais inteligente e eficiente para os transportes urbanos.

Dentro das questões globais referentes ao aquecimento do planeta, a crescente devastação dos recursos hídricos, bem como a situação cada vez mais caótica dos centros urbanos, analisando isto tudo de maneira objetiva, sensata e racional, temos que pensar em mudanças. Transformações de hábitos e preconceitos. Desejamos cidades mais limpas, menos barulhentas, mais humanas e criativas.

O carro deve sofrer restrições e é dever dos poderes públicos orquestrarem estas mudanças de maneira que os cidadãos em geral sintam-se seguros e confiantes para deixarem o carro em casa e encarar a bicicleta como meio de transporte.

O ciclista não polui nada. Não precisa incomodar o fundo do oceano para se locomover ou fazer com que monoculturas se tornem presentes no lugar da diversidade das florestas nativas. Tudo o que pede é respeito, espaço para circular com segurança e locais adequados para prender as magrelas. A bicicleta faz parte do trânsito e é agente importantíssimo na mudança de paradigma que está acontecendo. A prefeitura de Curitiba comete um grave erro ao não priorizar o modal bicicleta e ao continuar a favorecer o trânsito dos carros em geral. Por que não ciclofaixas na Mal. Deodoro, Visconde de Guarapuava bem como em todos os recém inaugurados binários da cidade? Aonde estãos os bicicletários e paraciclos nos terminais de ônibus, escolas, hospitais, mercados, museus e centros de cultura? Cadê o estímulo a bicicleta nesta que é conhecida como ´capital ecológica´?

Convidamos, por meio desta carta, representantes da Prefeitura Municipal de Curitiba, bem como jornalistas e cidadãos em geral a comparecerem amanhã, às 11hs da manhã, no pátio da reitoria da UFPR, para receberem uma cópia do RELATÓRIO e conversarem com os ciclistas sobre como anda a situação de quem deseja parar de poluir e começar a se locomover em duas rodas inteligentes, ao invés de quatro rodas sem sentido.

Paralelamente, também amanhã teremos a VAGA VIVA, uma proposta de mostrar a insensatez que é priorizar os carros e não as pessoas na política urbana.

Todos estão convidados a participarem.

Atenciosamente,

Bicicletada de Curitiba

www.bicicletadacuritiba.org

www.bicicletadacuritiba.wordpress.com

SERVIÇO:

Entrega do Relatório do Desafio Intermodal e Vaga Viva

Sábado – 08 de dezembro – 11hs no pátio da Reitoria da UFPR

Contatos:

Jorge Brand – 9678-7091

Luis Patrício – 8416-6101

Fernando Rosenbaum – 9639-2079

mini-horta de apartamento

Posted in hortas e canteiros on dezembro 5, 2007 by walfridoneto

Algumas fotos da minha jardineira. Eu moro perto da Baixada do Atlético, em Curitiba, e em um espaço de mais ou menos 2m x 30cm, deu pra cultivar uma pequena variedade de plantas. Andei plantando algumas coisas na minha rua e no meu prédio também, mas ainda não fotografei.
Essa jardineira é como um laboratório e um berçário. Se eu tenho sementes, estacas ou mudas, vai tudo para lá, e o que fica grande demais para a jardineira, vai para qualquer outro lugar.

horta_ap_legenda.jpg

Além do que dá pra ver fácil, tem outras coisas que estão por baixo, ou imperceptíveis na foto, como uma muda de Guapuruvu, árvore nativa do Paraná (clique aqui para saber mais), brócolis, cebolinha, mangueira, hortelã, etc..
O tomateiro veio de um pedaço de tomate que estragou na minha geladeira e foi adubar a jardineira. Uns 2 meses depois começaram a aparecer vários pés (14 no total). Tirei quase todos e plantei em outros lugares. Deixei uns 3. Todos já têm flores e um tem um pequeno tomatinho.

tomate.jpg

As ervilhas sempre crescem mais rápido do que eu consigo arranjar estacas para elas se segurarem, mas precisaria de mais espaço pra ter uma quantidade que desse uma salada. A malva dá lindas flores lilás, é boa para curar inflamações da boca (aftas e gengivites) e garganta e tem outras propriedades medicinais (clique aqui para saber mais).

ervilhas.jpg

E ainda tem outras plantas e flores que atraem e alimentam pássaros e borboletas, que sempre fazem visitas à jardineira.